Fórum Internacional Software Livre

A Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT), em inglês, já é uma realidade! Os dispositivos conectados superam a população mundial e está mudando toda a lógica dos negócios. De acordo com estudo publicado em 2013 pela Cisco Systems, companhia líder mundial em TI, a IoT pode gerar um valor de US$ 4,6 trilhões para organizações do setor público ao longo dos próximos 10 anos, que somados com o potencial do setor privado, pode gerar um valor global de US$ 19 trilhões. Analistas preveem que até 2020 teremos 30 bilhões de objetos (desde escovas de dente até carros) conectados pela Internet, então, é imprescindível que as pessoas tenham o controle e o conhecimento sobre que tipo de informações são coletadas e de que maneira os dados obtidos são tratados, de modo a preservar a transparência e a segurança nestes processos. Considerando estes aspectos, a adoção de softwares livres constitui-se como uma alternativa viável.

A 17ª edição do Fórum Internacional Software Livre (FISL) vem problematizar o assunto apontando os riscos da Internet das Coisas e o papel do Software Livre neste novo mundo de dispositivos inteligentes conectados. Além disso, mantendo a tradição de ser um espaço de discussão e exposição do que há de mais novo em tecnologias livres nas áreas de desenvolvimento, sistemas operacionais, hardware, segurança, negócios, entre outros, o evento conta com áreas específicas para ampliar a discussão sobre software livre e educação e software livre e robótica, o Espaço Freire e o Festival de Tecnologias Livres, respectivamente.

O maior encontro da comunidade de Software Livre do mundo é o espaço ideal para compartilhar conhecimentos e inovações, prezando pela manutenção da transparência na tecnologia, nos códigos,  nos padrões abertos e na luta pela internet livre e neutra, construindo uma humanidade mais justa com conhecimento livre.

 

Quando: 13 a 16 de julho de 2016

Onde: Centro de Eventos da PUCRS

Saiba mais: http://softwarelivre.org

Comments

comments

Posted by Juliana Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *