“É necessário que as pessoas passem a ter mais responsabilidade com o descarte de eletrônicos”

Lixo eletrônico no meio da calçada.

Segundo relatório da ONU, em 2000, foi produzido no Brasil cerca de 10 milhões de toneladas de lixo eletrônico. Conforme a perspectiva do órgão o número deste tipo de detritos vai aumentar nos próximos anos. Mas como cidadãos todos nós podemos colaborar para diminuir o descarte incorreto destes produtos.

Nessa entrevista o Coordenador de Novos Projetos da Sucatex, Paulo Martins, fala sobre coleta seletiva e pontos de coleta em Salvador.

 O que é considerado lixo eletrônico?

Todo material produzido pelo descarte de equipamento eletrônico como mp3, mp4, computador, celulares, aparelhos de sons entre outros. Também existem lixos como geladeiras, fogões, máquinas de lavar roupas. Infelizmente são poucas as entidades que trabalham com o descarte deste últimos.

Para qual local vão estes equipamentos quando não são descartados corretamente?

Quando os equipamentos não funcionam mais, muitas pessoas tem o costume de jogá-los nos lixos comuns. Assim, eles vão parar nos boeiros, lixões ou aterro sanitário, contaminando o meio ambiente. É necessário que as pessoas passem a ter mais responsabilidade com o descarte de eletrônicos, pois o que jogamos no lixo hoje pode ficar no meio ambiente por vários anos.

O que este tipo de resíduo poderá causar ao meio ambiente?

Algumas substâncias causam estragos na natureza, por exemplo, o plástico, presente em diversos destes produtos, pode levar mais de 450 anos para se decompor, com isso impede o ciclo de recuperação. Na composição dos eletrônicos também podem aparecer elementos tóxicos como o chumbo e mercúrio, que são altamente nocivos e podem contaminar o solo e rios, em alguns casos podem contaminar até as pessoas que por acaso entrem em contato com eles.

Você sabe qual o volume de lixo eletrônico é produzido em Salvador?

Não existe uma estimativa correta sobre o volume de resíduo. Mas pelos nossos balanços produzidos 19 toneladas de placas por mês, ou cerca de 20 mil unidades de CPU.

Como as pessoas podem ajudar para realizar um descarte correto de eletrônicos?

Antes de tudo é necessário fazer o consumo consciente de produtos eletrônicos. Quando estamos para comprar um novo aparelho e computador devemos pensar em qual fim daremos aos nossos equipamentos antigos. Se o produto estiver funcionando, existe sempre a possibilidade de vender ou doar. Caso não seja possível é melhor guardar o para levar até pontos de coleta.

Em quais locais ficam os postos de coleta de vocês?

Hoje temos parceria com o Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping. Se vocês tiverem algum material eletrônico podem ir até os estabelecimentos e deposita-los nas caixas existentes.

Também realizamos parcerias com faculdades, prefeitura, grandes centros comerciais e campanhas em rede social, para a coleta dos aparelhos.

Depois da coleta, qual o destino que a Sucatex dá aos materiais eletrônicos?

As placas vão para São Paulo para derreter e retirada dos metais nobres. Já elementos como ferro e plásticos são descartados com parceiros locais.

Comments

comments

Posted by Joseane Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *